quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Primeira vitória no Genervino















videoA nuvem que cobria o CRAC parece não impedir mais o CRAC de brilhar. O leão conseguiu sua primeira vitória no Genervino da Fonseca em Catalão em cima do Trindade, goleando o Tacão por 3xo. O leão motivado pela vitória contra o Itumbiara fora de casa no último sábado por 2x0, partiu para buscar a vitória e conseguiu. A ordem agora na toca do leão é deixar as últimas colocações e voltar a batalhar por uma das vagas da faixa de classificação. O leão partiu para cima do Trindade desde o primeiro lance e o gol do CRAC amadurecia a cada chance, mas as finalizações ainda tinham alguns pecados. E assim o CRAC dominou o primeiro tempo em buscar da abertura do placar. Aos 44 minutos o Kobayashi lançou Clodoaldo cara a cara com o gol, a bola tinha endereço certo na rede do goleirão Wagner Bueno mas ele derrubou Clodoaldo na área e pênalti. A torcida sentiu o sabor de um gol em casa do CRAC pela primeira vez na competição. Esquerdinha abriu o placar coma cobrança de penalti no canto direito do goleiro. E assim as equipes foram para o vestiário. Sem alterações no CRAC o time da casa prosseguiu com a pressão, mas nem tudo são flores, no trindade entrou mais um atacante afim de buscar o empate, e o time parecia gostar do jogo chegando várias vezes ao gol de Pedro Henrrique. Mas o balançar das redes era apenas do leão. Aos 17 e 21 minutos do primeiro tempo tudo parecia que "seria" enfim o gol de Tico, mas para variar, sem sucesso. Balão que entrou na equipe do CRAC no lugar do Palito aos 32 minutos amplia para o leão, que recebeu um cruzamento meio que "sortudo" pelo erros da defensiva do Tacão e marca CRAC 2x0 Trindade. Aos 42, wesley recebe na intermediária da defensiva do leão e vai costurando até a entrada da grande área e faz um golaço por cobertura fechando a goleada do CRAC por 3x0 Trindade. A torcida faz a festa nas arquibancadas azulinas do Genervino, já que agora parece que a "síndrome do 1x0" passou, já que o CRAC perdeu com este placar para Anapolina, Jataiense, Novo Horizonte e Goiás pelas 4 primeiras rodadas do campeonato respectivamente. A chegada de Delmer(ex Vila Nova, Atlético e Goiás) também é algo esperado por parte da torcida, já que é o setor é o ataque. Esse jogo foi válido pela 6º rodada do campeonato que fecha o primeiro turno. O CRAC vai à Anápolis enfrentar a Anapolina agora no jogo de volta e tentar a revanche do jogo que estragou a estréia do CRAC na competição. O CRAC pela primeira vez respira um pouco fora da faixa de reabaixamanto, e sobre na tabela. Bola pra frente!!






Outros jogos da rodada:






Canedense 2x6 Goiás


Vila Nova 5x2 Jataiense


Anápolis 0x2 Itumbiara


Mineiros 2x1 Anapolina


Atlético 3x0 Novo Horizonte






Ficha técnica CRAC 3x0 Trindade:






Crac 3: Pedro Henrique; Thiago (Naldo), Beto, Sérgio Rafael e Wesley; Gilmar, Vítor Palito (Balão), Paulinho Kobayashi e Esquerdinha; Tico Mineiro e Clodoaldo (Dênis Carioca). Técnico: Beto Almeida



Trindade 0: Wagner Bueno; Marquinhos Paraná, Gustavo, Cris e Jardel; André Santos (Diego), Wellington (Ralmon), Alexandre Porto e Juliano; Hugo Leonardo e Tiago Potiguar (Leonardo). Técnico: Evair Paulino.



Local: Estádio Genervino da Fonseca (Catalão). Árbitro: Elmo Resende. Assistentes: Flávio Kanitz e Mozart Menezes. Público: 1.350 pagantes. Renda: R$ 13.530,00. Gols: Esquerdinha, aos 43 minutos do 1º tempo. Balão, aos 32, e Wesley, aos 44 minutos do 2º tempo.

Gooooooooooooooooooooooooooolllllll!!!!!! Leão do sul mostra as suas garras!




Diante de um público de mais de 18000 pessoas, o CRAC marcou o seu primeiro gol no campeonato goiano e conseguiu a sua primeira vitória no Goianão, primeiro passo rumo à reabilitação. Foi da forma mais tortuosa que o grito de gol da torcida azul e branco saiu. Na primeira rodada o atacante do CRAC Tico Mineiro perdeu um penalti aos 7 minutos do primeiro tempo, o que já era entendido por alguns como prenúncio de uma tarde que não seria catalana. Mas não foi o que aconteceu no sábado de carnaval. O Itumbiara motivado a buscar a vitória viria com tudo para cima do CRAC já que tinha acabado de perder para o Mineiros e conhecido a derrota pela primeira vez na competição. E assim foi, tudo indicava que seria mais um daqueles jogos do CRAC. O apoio dos torcedores que lotavam o Estádio JK era assustador, logo nos primeiros minutos Basílio e seus companheiros de equipe davam muito trabalho ao sistema defensivo do Leão. E o goleiro Pedro Henrique segurou a máquinas de gols do Itumbiara fazendo verdadeiros milagres em campo, e assim foi todo o primeiro tempo a não ser no finalzinho quando que por poucos centímetros Balão calasse a torcida do gigante da fronteira. Já no segundo tempo o CRAC veio mais confiane para suportar os ataques do adversário, que já não tinha tanta facilidade em chegar próximo da àrea de Pedro Henrique, embora os atacantes insistiam em perder boas oportunidades para abrir o placar para o time da casa. Mais ao contrário de todos os outros jogos, foi o primeiro em que o CRAC virou sem ter tomado "o gol" do placar de 1x0. O Itumbiara seguia descendo sempre para tentar seu gol. Aos 28 minutos, Esquerdinha cobra um escanteio pela direita, o zagueiro Sérgio Rafael de cabeça faz o primeiro gol para o Leão do Sul. Finalmente a torcida pôde escutar gol do CRAC pelo rádio e a torcida que foi até Itumbiara assistir. O CRAC começa a assustar ainda mais o adversário que no desespero foi tudo para o ataque e no final do jogo ainda levou outro golpe fatal, Anderson Santos fez um gol contra depois de uma confusão na área, fechando assim a primeira vitória do CRAC neste Goianão 2008. Para o delírio da torcida azul e branca e o desepero da segunda derrota para o torcida tricolor. Era enfim uma tarde Catalana, em uma grande surpresa para o leão. Depois de um jejum de mais de 300 minutos de jogo e nehum gol do CRAC essa urucubaca parece ter ido embora. Se a bruxa estava solta e não gostava do CRAC agora usa azul e branco. Gooooooooooooooooooooooooool do CRAC!!!!! CRAC consegue sua vitória mas ainda não sai da lanterna do grupo A. Vamos agora nos preparar para quem sabe a primeira vitória do leão em Catalão, já que agora o CRAC recebe o Trindade invicto a três rodadas e Itumbiara vai a Anápolis enfrentar a Anapolina que sofreu uma goleada de 4x0 do Vila Nova.
Bola pra frente!

Uma nuvem negra impede o CRAC de brilhar ...







Ainda não foi dessa vez. Em partida válida pela 4º rodada do Campeonato Goiano primeiro turno, o CRAC é derrotado em casa pelo Goiás pelo mesmo placar venenoso de 1x0. O CRAC continua na última colocação da chave A do Estadual e seu ataque ainda não marcou um gol sequer e o Goiás com a vitória chegou aos nove pontos. A partida começou com a pressão dos dois times, durante o primeiro tempo, o CRAC atuava com bolas erguidas, mas, o ataque estava sem movimento, o que deu abertura para a equipe do Goiás.O time do Goiás destaca com o trio ofensivo formado por: Paulo Baier, Rinaldo e Alex Dias que mostravam entrosamento.Para confirma o entrosamento, aos 28 minutos do primeiro tempo o Goiás abre o placar da partida. Paulo Baier deu um belo passe para Alex Dias, que mandou para o gol.O CRAC criava inúmeras chances de gol, várias jogadas, mas, a bola teimava em não entrar. No segundo tempo o time voltou com alterações Marcinho saiu para a entrada de Wesley e Paulino Kobayashi para a entrada de Ailton.O CRAC voltou melhor para o segundo tempo, mas não apresentava muitos lances de perigo. Aos 17 minutos, Clodoaldo recebeu bom passe de Ailton e chutou forte. Harlei fez bela defesa e salvou a equipe do Goiás de sofrer o empate.O jogo continuou equilibrado até o fim. O Esmeraldino conseguiu segurar o placar e saiu do campo com a vitória.O Crac na próxima rodada joga fora de casa, no estádio Juscelino Kubitschek, contra o Itumbiara.Já o Goiás enfrenta na próxima rodada a equipe de Mineiros, no estádio Hailé Pinheiro [Serrinha].


Ficha Técnica:


Local: Estádio Genervino da Fonseca [Catalão/GO]Horário: 20h30Público: 2.065 pagantesRenda: R$ 20.568,00Gol: Alex Dias [28’ – 1° tempo].


Cartões:CRAC: Maurinho [amarelo].Goiás: Júlio César [amarelo]; Alex Terra [amarelo].


CRAC: Pedro Henrique, Tiago, Sérgio, Beto, Marcinho [Wesley], Gilmar, Maurinho, Paulinho Kobayashi [Aílton], Esquerdinha, Tico Mineiro [Clodoaldo], Balão.Técnico: Gilberto Pereira.


Goiás: Harlei; Vitor, Ernando, Rafael Marques e Júlio César; Amaral, Fábio Bahia, Ricardo e Paulo Baier [Felipe]; Alex Dias e Rinaldo [Alex Terra]. Técnico: Caio Júnior.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Não houve uma quarta queda no calvário, ou a história é nova?



Goiás e Crac, têm um histórico de partidas decisivas e importantes no Campeonato Goiano se enfrentam hoje, às 20h30, no estádio Genervino da Fonseca em Catalão. Em 1997 CRAC e Goiás decidiram o campeonato, mas o alviverde levou a melhor e foi campeão.Em 2004, uĺtimo ano em que o CRAC chegou à final, o clube catalano eliminou o da capital na disputa por pênaltis, em Goiânia no jogo válido pela semifinal, e levantou o título do Goianão derrotando o Vila Nova na decisão. Em 2006, o esmeraldino obteve o chegou à final após derrubar o leão do sul em Catalão com um placar de 2x1. Mas no duelo de logo mais, as duas equipes estão em extremos diferentes. O Goiás venceu 2 clássicos contra Atlético e Vila, ambos por 2 a 1. E sofreu uma derrota com o mesmo placar diante o Anápolis, no Estádio da Serrinha, que não vencia o Goiás em Goiânia há 15 anos. Já o leão apesenta o pior desempenho em três rodadas iniciais, desde o vice-campeonato 97. O CRAC é o lanterna do Estadual e o único que não obteve pontos em nove disputados, além de não ter balançado as redes. Desde 1998, quando o CRAC caiu diante do Vila Nova 3x1 e da Anapolina 2x0, nas duas rodadas iniciais, o CRAC não apresentava um campanha tão ruin. Mas neste ano o CRAC alcançou a reabilitação já na terceira rodada derrotando o Anápolis por 4x0. O jogo de hoje é de estréia de técnicos. O Técnico do CRAC Beto Almeida assumiu o comando da equipe no sábado passado [26/01], no jogo contra o Novo Horizonte [27/01] , já dirigiu a equipe, mas se quer conhecia os jogadores, hoje será um jogo "valendo" para o técnico. Assim como Caio Júnior à frente do Goiás estréia hoje no interior do estado. O jogo em Catalão também tem significado de reencontro para três jogadores: o goleiro Rodrigo Calaça, o lateral Vítor e o volante Fábio Bahia. O presidente do Goiás, Pedro Goulart tem um gosto especial em jogar em Catalão. Há 40 anos, em 25 de novembro de 1967, o Crac comemorou em Goiânia o título goiano, em cima do Atlético Goianiense com o placar de 1x0 conquistado em pleno estádio Antônio Accioly.Na ocasião, Pedro Goulart era dirigente do Crac. Rodrigo Calaça nasceu em Catalão, onde iniciou a carreira. Vítor e Fábio Bahia chegaram ao Crac como juniores.

No comando do CRAC o técnico Beto Almeida arruma a casa “A equipe dominou o jogo amplamente, mas, faltou uma tranqüilidade maior, no momento das finalizações das jogadas, de um modo geral a equipe foi bem, só que o principal evidentemente é o resultado, é a vitória, então estamos direcionando nosso trabalho em busca disso, mas, sabemos que o mais difícil no futebol é fazer gols”, ressaltou o técnico, se referindo ao clássico goiando CRACxNovo Horizonte. Ocasião que o leão teve 36 cruzamentos, 17 escanteios e 95 minutos para empatar o jogo, mas o gol não saiu! Beto Almeida ainda colocou "falta fazer gol, a equipe toda tem o passe da bola e podem fazer o gol, mas, a responsabilidade maior é do centro avante, que no momento contamos apenas com um, o Tico Mineiro, aguardamos o mais rápido possível que chegue mais um jogador para essa função”. Pela manhã de segunda o leão entrou no clima do duelo e iniciou os treinamentos ainda pela manhã. No período matutino a academia foi o local de treinamento para os que não atuaram em campo e no período da tarde no estádio Genervino da Fonseca. No período vespertino, todos os jogadores participaram do treino, para os que jogaram no domingo o treino foi regenerativo, e os demais realizaram um treino com finalizações de cruzamento e bastante chute a gol. Vamos acerta a mira, não errar o alvo, o gol! Segundo o técnico , “o treino foi dividido os que jogaram fizeram o trabalho regenerativo, porque, jogamos em um campo pesado, encharcado, embarrados e temos um jogo na quarta-feira e temos que recuperar esse pessoal”. E tomara que esse pecados nas finalizações já tenham sido todos absolvidos, e o leão desencante na competição antes que seja tarde demais!

Ficha técnica CRACxGoiás

CRAC: Pedro Henrique; Naldo, Beto, Sérgio Rafael e Wesley; Gilmar, Maurinho, Paulinho Kobayashi (Esquerdinha) e Aílton; Balão e Tico Mineiro. Técnico: Beto Almeida.

Goiás: Harlei; Vítor, Ernando, Rafael Marques e Júlio César; Amaral, Fábio Bahia, Ricardo e Paulo Baier; Rinaldo e Alex Dias. Técnico: Caio Júnior.

Local: Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão. Horário: 20h30. Árbitro: Marcos Rassi. Assistentes: Jair Marinho e Valdir dos Anjos. Ingressos: 12 reais (inteira) e 6 reais (meia).

Os outros jogos da 4º rodada acontecem todos no mesmo horário [20:30], com excessão de Vila Nova x Horizonte, que acontece as 21:45, e será transmitido em rede estadual.

Trindade x Anápolis
Anapolina x Canedense
Atlético x Jataiense
CRAC x Goiás
Mineiros x Itumbiara
Vila Nova x Novo Horizonte

Vamos aguardar ... Bola pra frente!


segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Já estava escrito? Leão cai pela terceira vez no calvário do Goianão 2008!



Clássico na capital goiana entre Goiás e Vila, clássico em Anápolis entre Anápolis e Anapolina, clássico no sudoeste entre Jataiense e Mineiros e o clássico do sudeste, CRAC e Novo Horizonte. O fantasma da região, nome pelo quel é conhecido o time do Novo Horizonte, aterrorizou a vida do leão, e o tabu de derrotas no Goianão continua. A terceira derrota com o mesmo placar em três jogos foi inevitável no estádio Durval Ferreira em Ipameri. Embora o estádio Preto e Amarelo de Ipameri estivesse pintado de Azul e Branco na tarde desse domingo o time do CRAC ainda não conseguiu demostrar um bom futebol. O CRAC com uma falha na zaga, aos 7 minutos, deixou o Novo Horizonte abrir o placar, na cobrança de escanteio Digão cobrou e Jonatan de cabeça no meio da área, fez o gol da vitória. Já era o início da mesma novela do Goianão para a torcida leonina. Nos 11 minutos, em uma bola lançada de escanteio o meia Paulinho Kobayashi trombou de cabeça com o zagueiro Negretti do Novo Horizonte e saiu do campo sangrando. O fato assustou a todos e após 5 minutos o meia retornou ao campo. Aos 37 minutos, o jogador Wesnalton foi expulso, com apenas 10 jogadores em campo no time do Novo Horizonte. O treinador Beto Almeida aproveitou e mexeu no elenco do CRAC. Com isso o esquema do CRAC teve alterações, aos 42 minutos o lateral esquerdo Wesley saiu para a entrada do meia atacante Chimba, para forçar o posicionamento de defesa contra o Novo Horizonte. No segundo tempo a chuva ameaçava e caiu, mas o jogo prosseguiu, o Novo Horizonte pressionava e o CRAC pecava nas finalizações. Aos 10 minutos, o Novo Horizonte fez alterações saiu o jogador Jonatan e entrou Giba, logo depois o CRAC também realizou alterações Maurinho saiu para a entrada do meia esquerda Ailton. As jogadas ofensivas do meia Paulinho Kobayashi, continuava, o jogador articulava as jogadas e buscava o aproveitamento. No segundo tempo o meio de campo do CRAC melhorou, mas, não conseguia reverter à situação. Assim chegou o final de jogo com o placar de Novo Horizonte 1 x 0 CRAC. O time do CRAC totaliza a 3º derrota consecutiva e enfrenta nessa quarta-feira [30/01] o Goiás na quarta rodada do campeonato Goiano no estádio do Genervino da Fonseca em Catalão. Já o time de Ipameri quebrou o jejum de Vitórias na competição e conquistou seus 3 primeiros pontos em cima do maior rival. O CRAC se mantêm na lanterna do grupo A ainda com 0 ponto. Ainda ontem [Domingo] a diretoria do CRAC anunciou a contratação de Jairo (volante, ex-Bahia) e Clodoaldo (atacante, ex-América/MG), junto com a estréia do novo zagueiro Dennis Oliveira, este, que foi indicado pele recém chegado técnico Beto Almeida. A torcida do CRAC espera que o Goiás seja o primeiro time do goianão a ouvir "o rugido cruel do leão" pois uma cidade cinzenta com a decepção de 3 derrotas no campeonato está louca para se pintar novamente de Azul e Branco.
Enquanto o CRAC recebe o Goiás no Genervino o Novo Horizonte vai a Goiânia enfrentar o Vila no OBA. A torcida aguarda anciosamente soltar o grito de gol do leão do sul antes que o fantasma do novo horizonte desapareça perto do fantasma do rebaixamento .... Bola pra frente!!

Ficha Técnica Novo Horizonte 1 x 0 CRAC:

Local: Estádio Durval Ferreira Franco, em Ipameri
Data: 27/01/2008
Horário: 16:30 horas
Árbitro: Cleiber Elias
Assistente I: João Patrício
Assistente II: Orismar de Godoi

CRAC: Pedro Henrique, Tiago [Naldo], Sérgio, Beto, Wesley [Chimba], Gilmar, Maurinho [Ailton], Esquerdinha, Paulinho Kobayashi, Balão e Tico Mineiro.
Técnico: Beto Almeida.

Novo Horizonte: Márcio, Paulo Sales, Tiago, Negretti, Cleyton Maranhão, Tim Marco, Leandro, Digão, Danilo, Jonatan [Giba] e Wesnalton.
Técnico: Tarcízio Pugliese

Outros resultados da rodada:

Goiás 2 x 1 Vila Nova
Itumbiara 3 x 2 Atlético
Anápolis 2 x 1 Anapolina
Canedense 0 x 1 Trindade
Jataiense 2 x 1 Mineiros
Novo Horizonte 1 x 0 CRAC

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Técnico chega do sul para o leão do sul!

Beto Almeida é o novo técnico do CRAC

O CRAC tem novo técnico para a seqüência do Goianão 2008, o ex- técnico do Esportivo e Juventude, Beto Almeida, assumi o comando do CRAC.

Nessa manhã [25/01] a diretoria informou que o técnico Gilberto Pereira deixou o time do Leão do Sul e em seu lugar assume Beto Almeida. Está previsto a apresentação do novo treinador neste sábado [26/01] pela manhã.

Beto Almeida assume a vaga de Gilberto Pereira. A comissão técnica permanece a mesma com o auxiliar técnico José Roberto, ex jogador do VEC, e o preparador físico Sander Ramos, que já trabalhou com Beto no Pelotas.

O novo treinador Beto Almeida ficou marcado por ter livrado o Grêmio da Segundona no Campeonato Brasileiro de 1997 e seu último trabalho em 2007, comandou o Juventude na série A do Campeonato Brasileiro que ao contrário do Grêmio não escapou da segundona.

Um novo técnico do sul, para o leão do sul!! ... Bola pra frente!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Leão com sede de vitória amarga a segunda derrota!





Há 555km de Catalão, o time do CRAC sofre sua segunda derrota em dois jogos válidos pela divisão principal do campeonato goiano 2008. Novamente com o placar ingrato de 1x0, o CRAC foi batido pela Jataiense no estádio Arapucão. Diferentemente do jogo da primeira rodada, onde CRAC dominava a partida toda contra a Anapolina, criando jogadas diversas no ataque e pecando todos os sete pecados capitais de uma vez na finalização, a Anapolina curiosamente fura o bloqueio defensivo do CRAC e faz 1x0 no rebote aos 38min do 1º tempo com Fabinho. O prenúncio que a tarde do dia 20/01 não seria de festa catalana aconteceu aos 7min do primeiro tempo, quando Tico Mineiro sofre um penâlt e bate para fora, bem longe do gol de Matheus. O CRAC então se sucumbiu diante um festival de erros contra a Anapolina. A torcida enfurecidamente decepcionada pediu a saída de alguns jogadores e uma atitude de sua torcida. Mas não era uma tarde catalana para o retorno do leão ao Genervino da Fonseca após a campanha do Brasileirão série C 2007. O placar ingrato de 1x0 prevaleceu. Em Jataí o CRAC sofre novamente um rombo de 1X0 diante os donos da casa, mas dessa vez a história foi um pouco diferente. A Jataiense mostrou uma forte marcação sobre o Crac desde o início da partida, o leão do sul praticamente não criava jogadas ofensivas. Já os donos da casa marcaram o gol em 14 minutos de partida com Gláucio, de cabeça. E causou um dor de cabeça ao CRAC. No segundo tempo, o goleirão do CRAC Pedro Henrrique fechou o gol catalano impedindo que a Jataiense alcance o segundo. Já o CRAC por duas vezes carimbou a trave da raposa, na primeira Tico Mineiro aos 20min cabeceando e depois Aílton com uma bomba. O grande pecado do CRAC novamete foi a mal finalizações em duas oportunidades que pararam na trave do gol Jataiense, mas que se parassem dentro do gol dariam a vitória de virada ao leão. Um jogador da Jataiense desabafou com a Rádio Cultura de Catalão que era um momento de muita alegria a vitótia sobre o CRAC já que a imprenssa goiana pré-anunciava o rebaixamento da Jataiense antes do início do Goianão. Com a vitória, a Jatainse alcançou os 4 pontos na tabela a vice - liderança do grupo B, já o CRAC continua com 0 ponto e agora assume a lanterna do grupo A. No domingo dia 27/01 a Jataiense recebe o Mineiros líder do grupo A no estádo Arapucão enquanto o CRAC tentará a primeira vitória no goianão 2008 contra o Novo Horizonte em Ipameri no estádio Durival de Brito, o Novo Horizonte que também não tem vitórias no campeonato. Bola pra frente!

Ficha Técnica Jataiense 1x0 CRAC:

Jataiense 1: Santos; Flávio Chicó, Helbert, Paulão e Italo; Nildo, Edu, Jean e Fábio Lopes (Deivid); Gláucio (Mateus) e Carlos Magno (Paulinho Pedalada). Técnico: Douglas Menezes.

Crac 0: Pedro Henrique; Tiago (Palito), Sérgio Rafael, Beto e Marcinho; Clayton Mineiro (Balão), Gilmar, Maurinho, Ailton e Marcinho (Wesley); Chimba e Tico Mineiro. Técnico: Gilberto Pereira.

Local: Estádio Arapucão, em Jataí. Horário: 20h30. Árbitro: Elmo Resende. Assistentes: Patrício Vilarinho e Guimarães Ribeiro. Público: 1.498 pagantes. Renda: R$ 10.868,00. Gol: Gláucio, aos 14 minutos do 1º tempo.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Clube Recreativo e Atlético Catalano


Paixão Azul & Branca da cidade de Catalão desde 1931.

O único time do interior Goiano e vencer o campeonato da divisão principal mais de uma vez.

Bi Campeão Goiano 1967 & 2004.
Vice Campeão Goiano 1969 & 1997.
Tetra Campeão Goiano (2º divisão) 1965, 1986, 2001 & 2003.

=> Blog em construção, a partir das 22:00, todas as emoções da campanha do CRAC no Goianão 2008, e suas outras histórias.
Aguardem ... Bola pra frente!!!